Ana Lúcia Silva: estudante brasileira, está cursando inglês no Instituto de Língua Inglesa (ELI) da Universidade da Flórida (University of Florida), em Gainesville, Flórida

Ana Lúcia Silva: estudante brasileira, está cursando inglês no Instituto de Língua Inglesa (ELI) da Universidade da Flórida (University of Florida), em Gainesville, Flórida

Entrevista:

Por que você resolveu estudar nos Estados Unidos?

Eu resolvi estudar nos EUA porque é um dos principais países de língua inglesa e que também oferece ótimas opções de aprimoramento pessoal e profissional.

Por que você escolheu este curso de inglês?

Eu gostei muito do programa do ELI da Universidade da Flórida (University of Florida), principalmente por que as áreas de aprendizado da língua inglesa são tratadas individualmente, o que permite uma melhor alocação do aluno nos diferentes níveis de proficiência.

Do que você mais gostou de sua experiência como estudante nos Estados Unidos?

A cidade de Gainesville é maravilhosa. É uma cidade pequena, porém com toda a infraestrutura das maiores e melhores cidades do Brasil. As pessoas são muito amigáveis, a universidade é extremamente internacionalizada e possui uma excelente infraestrutura.

Do que você sente mais saudade de seu país?

Sinto saudades da minha família e de algumas comidas, como pastel e pão de queijo. Como posso cozinhar em casa, a adapatação foi bem tranquila.

O que mais a surpreendeu em relação à vida e educação nos Estados Unidos?

A cultura do Brasil e dos EUA é muito parecida, o que facilita muito a adaptação. Existem algumas diferenças que valem a pena destacar. O esporte é muito valorizado em todas as suas diferentes modalidades. Assistir jogos de futebol americano ou basquete é uma experiência maravilhosa, a infraestrutura mobilizada e o envolvimento da torcida são um espetáculo à parte. Outra caracteristica que me encantou foi a praticidade dos americanos. Tudo é prático, desde a comida até o material de limpeza, porém tudo deve ser feito por você mesmo, inclusive o abastecimento de gasolina no Posto.

Como você administrou:

... as diferenças no idioma?

Estudar inglês em um país de língua nativa é uma oportunidade maravilhosa, pois o tempo todo você está aprendendo e exercitando. As dificuldades vão diminuindo a cada dia e as pessoas são muito pré dispostas em facilitar a comunicação com o estrangeiro.

... as finanças?

É necessário um bom planejamento e um acompanhamento frequente das despesas, pois o país é um convite contínuo ao consumo.

... sua adaptação ao sistema educacional americano?

O sistema educacional americano é baseado em regras claras e amplamente divulgadas, tanto para as notas, como para a frequência. É necessário seguir as regras, onde se inclui a pontualidade e o respeito com os colegas e professores.

Em que atividades você participou?

Eu participei de vários eventos, onde destaco: jogos de futebol americano e basquete, teatro, cinema, shows musicais, piqueniques, churrascos, viagens na Flórida (Orlando, Tampa, Okala, St Augustine), viagens para outros estados, atividades de voluntariado, entre outras atividades.

Foi fácil fazer amigos nos Estados Unidos?

A Universidade é um ambiente muito propício para novas amizades, o que é muito incentivado pelo ELI. Existem muitas atividades que promovem uma melhor integração entre os alunos de diferentes classes e níveis de proficiência em inglês, como o Coffee Talk. Esse é um encontro semanal dos alunos para conversar e praticar o inglês, o que proporciona novas amizades a cada semana.

Há quanto tempo estuda nos Estados Unidos? Até que ponto tem melhorado seu inglês?

Eu iniciei o meu curso em setembro de 2012 e ficarei até maio de 2013. Essa oportunidade está sendo fundamental para melhorar o meu inglês. Percebo a melhora a cada dia, durante as diversas interações em sala de aula e também fora da Unversidade.

Quais são suas metas em relação a carreira profissional ? Até que ponto sua educação nos Estados Unidos será útil para atingir estas metas e as necessidades de seu país?

Como sou professora universitária, a fluência em inglês é fundamental para que eu possa utilizar bibliografias internacionais, escrever artigos para congressos e revistas especializadas no exterior, além de acompanhar e realizar pesquisas com parceiros internacionais. No médio prazo, tenho planos de realizar um pós doutorado fora do Brasil, o que somente será possível quando já estiver alcançado a fluência no idioma.

O que você aconselharia a outros estudantes do seu país?

A vivência internacional é uma experiência maravilhosa e muito recomendada para a construção de uma carreira sólida e competitiva, além de proporcionar um grande amadurecimento e crescimento pessoal. Em um mundo globalizado e competitivo, o conhecimento avançado da língua ingles é imprescindível e a experiência de estudar fora é um dos métodos mais eficazes para alcançarmos esse objetivo.

Obrigada!

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA ®

Show More

Related Schools