Os "Community Colleges" nos EUA

Os "Community Colleges" nos EUA


Procurar cursos em Community Colleges

Aproximadamente 13 milhões de estudantes estão estudando em community colleges em todo os Estados Unidos. Aproximadamente 45% de todos os estudantes que fazem um curso de graduação estudaram em um community college.

Muito mais estudantes internacionais estão se matriculando em community colleges (instituições de ensino superior de dois anos), que são uma alternativa bem popular para os dois primeiros anos do curso de graduação. Para eles, os community colleges são como um ponto de partida em seus esforços de conseguir um grau de bacharel em uma universidade americana. Os primeiros dois anos têm como propósito fundamental proporcionar uma base forte de conhecimentos gerais antes que o estudante comece a se concentrar numa área mais específica de conhecimento.

Veja os nossos Programas Community College

Transferências e treinamentos

Na verdade, muitos orientadores universitários aconselham os estudantes a começar o curso superior em um community college, para depois transferirem-se para uma universidade onde poderão cursar os dois anos finais. Os estudantes pedem transferência ou usam os créditos ganhos no community college para concluir o bacharelado. Muitos community colleges e universidades de quatro anos têm acordos de articulação para tornar a transferência bem fácil. Por exemplo, quando os estudantes solicitam admissão nos community colleges de Seattle, eles podem pedir uma "Garantia de Transferência de Admissão” para a Johns Hopkins Carey Business School. Os estudantes passam seus primeiros dois anos em um dos Community Colleges de Seattle e transferem-se para a John Hopkins para completar a graduação. Os community colleges também realizam “feiras de transferência” e convidam universidades de quatro anos para participar e recrutar estudantes para completar o bacharelado.

Além dos programas de transferência, os community colleges têm uma grande variedade de cursos profissionalizantes (capacitação profissional). Esses programas treinam estudantes em centenas de carreiras: administração de empresas, programação de computadores, enfermagem, desenho de moda, administração hoteleira e de restaurantes, nanotecnologia, fotografia comercial, engenharia e arte publicitária. Os estudantes que terminam esses cursos recebem títulos ou certificados. Os estudantes internacionais que terminam um curso de capacitação que tenha no mínimo nove meses de duração tornam-se qualificados para inscrever-se em um "Treinamento Prático Opcional" e assim ganhar experiência remunerada em seu campo.

Ajuda à comunidade local

Os community colleges atendem as necessidades educacionais e profissionalizantes de suas comunidades. Praticamente todos os community colleges nos Estados Unidos recebem apoio governamental. Ao manter uma política de “portas abertas”, baixo preço do ensino e poucos requisitos para a admissão, os “community colleges” têm oferecido a muitos cidadãos americanos a chance de obter uma educação superior.

Qual é a diferença?

Os community colleges e universidades de quatro anos são diferentes. Veja como:

  • A admissão mais fácil. A pontuação do TOEFL (Teste de Inglês como Língua Estrangeira) e os requisitos acadêmicos geralmente são mais baixos para a admissão nos community colleges americanos do que para as instituições de quatro anos. Muitos community colleges também oferecem cursos de inglês ou de matemática aos estudantes cujas notas são muito baixas para começar estudos acadêmicos imediatamente.

  • Custos mais baixos. Os community colleges podem ser de 20% a 80% mais barato do que faculdades e universidades americanas de quatro anos. Isso é uma tremenda economia nos primeiros dois anos de um curso de graduação.

  • O número de estudantes por turmas e na instituição como um todo, é geralmente menor do que em escolas de quatro anos. Professores e orientadores têm condições de dar atenção individualizada aos alunos. Muitos estudantes americanos e estrangeiros dizem que estudar em escolas menores durante os dois primeiros anos foi importante para prepará-los para uma transição suave às universidades maiores com cursos de quatro anos.

  • Alunos recebem mais apoio. No sistema educacional americano, os estudantes geralmente competem por melhores notas. Os estudantes internacionais que não falam inglês fluentemente estão em desvantagem. Geralmente, eles têm um melhor rendimento e sentem-se mais confortávies em turmas menores, onde há menos competição. Além disso, os community colleges normalmente oferecem aulas de reforço gratuitas para ajudar a melhorar o desempenho dos estudantes.

  • Adaptação é mais fácil. Dois anos em um community college podem ajudar um estudante internacional a melhorar sua fluência na língua inglesa e a adaptar-se ao o sistema educacional e cultura Americana.

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®

Show More