Ana Correa, estudante do Brasil, está no quarto ano de Ciências Políticas da McNeese University, em Lake Charles, Louisiana.

Ana Correa, estudante do Brasil, está no quarto ano de Ciências Políticas da McNeese University, em Lake Charles, Louisiana.

Entrevista:

Por que você resolveu estudar nos Estados Unidos?

Pela qualidade da educação e pela experiência que você adquire estudando no exterior.

Por que você escolheu a McNeese University?

Eu estava procurando uma faculdade menor para estudar e a McNeese é pequena (aproximadamente 10.000 alunos), tem um preço acessível e oferece bons programas.

Do que você mais gosta sobre a sua universidade?

As turmas pequenas e a habilidade de realmente poder conhecer e se aproximar dos seus professores.

Há quanto tempo estuda nos Estados Unidos?

Há alguns anos. Eu acho que meu inglês é bom. É importante estar em volta de falantes nativos para realmente melhorar. Fazer minha graduação nos EUA certamente tem me ajudado preparar para estudos de pós-graduação aqui.

O que mais lhe surpreendeu em relação à vida e à educação nos Estados Unidos?

As pessoas aqui são mais reservadas, mas não necessariamente menos amigáveis. Em relação à educação, eu gosto de como você recebe uma educação mais equilibrada. Além das matérias principais, você faz matérias eletivas que as vezes não tem nada a ver com seu curso, por exemplo, artes, música ou aulas de línguas estrangeiras. E também tem grupos, esportes, e sociedades nos quais você pode entrar e fazer parte.

 Como você administra:

... as diferenças no idioma?

Se eu preciso de ajuda com alguma questão sobre o idioma, eu pergunto para alguém, e eu sempre tento aprender algo novo.

... as finanças?

O ano passado eu trabalhei em uma lanchonete na faculdade, o que me ajudou um pouco. Em geral, eu evito gastar com o que eu não preciso, por exemplo, saindo para beber ou comer.          

... sua adaptação ao sistema educacional americano?

Eu acho o sistema educacional aqui bem mais simples. No começo do semestre, seus professores te dão um roteiro com todos os critérios de notas, plano de estudos, expectativas, e cabe a você atingir essas expectativas. Eu acho que isso faz as coisas mais fáceis porque você sabe desde o começo o que esperar do semestre, e o que você deve fazer para ser aprovada na matéria.

Em que atividades você participa?

Eu faço parte da sociedade de direito e política, dos Cowboys in Action, um clube de serviço comunitário e da equipe de discurso e debates.

É fácil fazer amigos nos Estados Unidos?

Não é difícil. Entrar em um clube ou jogar um esporte ajuda muito porque assim você já está automaticamente ligada a pessoas que têm algo em comum com você.

Quais são suas metas profissionais ? A sua educação nos Estados Unidos será importante para atingir essas metas e  para as necessidades de seu país?

No futuro eu gostaria de trabalhar na área jurídica e relações internacionais. A minha educação nos EUA está me preparando para isso, e as relações entre os EUA e o Brasil são muito importantes levando em consideração que o Brasil é uma força muito grande no turismo.

O que você aconselharia a outros estudantes do seu país que estejam pretendendo estudar nos EUA?

Primeiro, pense com a mente aberta. Não espere que as pessoas aqui sejam iguais às pessoas do Brasil. A cultura e os costumes são diferentes, e poder adaptar é uma habilidade necessária. Segundo, procure escolas que oferecem o que você quer, seja em termos de um curso especifico, tamanho de turmas, diversidade na faculdade, ou até times esportivos. Finalmente, quando você achar uma escola que gostou, pesquise a cidade e o estado onde ela está localizada. Os Estados Unidos é um país grande e com muitas regiões diferentes. Ir para um lugar onde você se sente mais confortável, vai ser extremamente útil 

Show More

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®

Related Schools